pr_francisco@hotmail.com

jueves, 19 de abril de 2007

Primera viajen a cidade de- Formosa -Argentina

Esta es la foto de la segunda ves que vine a la Argentina.
La primera vez que vine a la Argentina fue en el dia 25 de Mayo de 1995.

La primera ciudad que conoci fue a la ciudad de Formoza - Capital de la Provincia.









La primera familia que me hospedor en su casa fue la familia Herrera, en la ciudad de Formosa.








Hermano Juan Herrera: un ejeplo de hombre de Dios, de una manera extraordinaria Dios usor a este hombre para cuidad de me durante un año, sin me conocer me hospedor en su casa.
El hermano Juan tiene 5 hijos preciosos, que me considerava como hermano.



Los hijos del hemano Juan Herrera.
Alajandra, Beto,Jumina, Paola y Silvina. todos servindo a el Señor!







Esta es la Familia HERRERA!
Pido a todos los que ver esta foto que oren por esta familia, y pida a Dios por ellos, y pida para que Dios levante otras familias para auxiliar los siervos de Dios, en los momentos mas critico.

La primera Iglesia que yo prediquei en la Argentina. Pr. Juan Gomez.
En el Barrio Juan Domingo Peron. Iglesia Amor y Paz.

CURUZÚ CUATIÁ




Extensão: Superfície total: 9.144 Km2.
População: 41.000 habitantes.


Curuzú Cuatiá, é uma cidade situada ao Noroeste Argentino, na provincia de Corrientes. Trata-se de uma zona de criacao de gados, onde estancias, pequenas fazendas e chacaras ao redor da cidade. Sua fonte renda além da criacao de gados, é composto por pequenos comércios, escola e o hospital. Como é característica de muitas cidades Argentinas, Curuzú Cuatiá debe muita sua cultura aos povos indígenas que estiveram migrando por estas zonas. Curuzú Cuatiá, significa "cruz de papel" ou "cruz gravada".
Curuzú Cuatiá nao possui rio, por esta razao a agua é saloba e um pouco salgada, pois a agua é obtida de pocos.


O povo de forma geral, em basicamente toda a provincia de Corrientes é um povo muito idólatra. Creem em muitos ídolos entre eles há um ídolo chamado Gaucho Gil, La Difunta Correa, Sala Muerte, entre muitos outros.
Segundo a tradicao popular a Difunta Correa, se chamava Deolinda Correa, filha de um guerreiro da independencia que por azares da politica, foi perseguido. Diz que ela era asediada pelos perseguidores de seu pai, porém ela casou-se com um homem valoroso e muito bom, da qual teve um filho. Levaram seu pai e seu esposo, e em seu desespero ela tomou seu filho nos bracos e foi a procura deles por matas, por todo lado. Em determinado lugar ela caiu exausta e com muita sede, onde dizem, que rezou pedindo a Deus que lhe desse forcas para amamentar seu filho e nao morresse. Depois de um tempo encontraram ela morta e seu filho mamando... Em sua tumba se sinalou como local de milagres e se levantou uma estatua. Atualmente prestam cultos a ela em toda a Argentina e países limítrofes.


Na entrada da cidade logo em seguida, encontramos uma imagem de um Cristo crucificado dentro de uma coroa de espinhos e nao na cruz! Cada cidade possui um "santo" específico e dias de festividades para cada santo. Para cada dia no calendário há um santo!


Quando vamos pregar o evangelho para uma pessoa, o primeiro que ela diz é que está na religiao dos seus pais, o catolicismo, que realmente é impregnado por todo país. Na propia Constituicao Nacional, declara como religiao oficial, o catolicismo Romano. Contudo, podemos pregar o evangelho com certa liberdade, porém as pessoas estao muitas arraigadas a tradicao católica

video